A foto tem o arcebispo do Panamá José Domingos Ulloa no centro rodeado por bispos e sacerdotes ao final da missa de abertura da jornada. Em baixo uma faixa em branco com as logos da JMJ e do Olhar Vaticano e com as mensagens: "#OLHARPANAMA2019" em vermelho e logo abaixo em azul "22 a 27 de janeiro"

JMJ Panamá 2019: Uma jornada para a juventude das periferias existenciais e geográficas

A Jornada Mundial da Juventude 2019 (JMJ) já começou no Panamá. No início da noite desta terça-feira (22), Dom José Domingo Ulloa Mendieta, Arcebispo do Panamá, presidiu a Santa Missa de abertura do evento no Campo Santa Maria la Antigua, na capital panamenha.

Em sua entusiasmada homilia, Dom Ulloa agradeceu o Papa Francisco “por confiar e dar-nos a oportunidade de fazer uma jornada para a juventude das periferias existenciais e geográficas”. O arcebispo do Panamá lembrou das jornadas indígena e negra, nos dias que antecederam esta JMJ. “É um bálsamo para as difíceis situações em que convivem sem esperança muitos de nossos jovens, especialmente a juventude indígena e afrodescendente”. O presidente da liturgia em honra à Santa Maria la Antigua, padroeira no país anfitrião, classificou as jornadas como experiências extraordinárias para os jovens que “vivem em situação de exclusão e discriminação”.

Dom José destacou o protagonismo da juventude. O arcebispo convidou os jovens para “juntos sonhar que uma Igreja jovem é possível”. O bispo animou aos jovens peregrinos ao dizer que eles são os únicos capazes de realizar as mudanças na humanidade e na Igreja “compartilhando sonhos e esperanças e que o Espírito Santos os comprometa a fazer a revolução do amor”.

O Campo Santa Maria la Antigua também será palco da recepção dos jovens ao Papa Francisco, próximo grande evento desta jornada, na quinta-feira (24), às 19h30 do horário brasileiro de verão. No mesmo local, em Cinta Costera, será a Via-Sacra, na sexta-feira (25), também às 19h30 do horário brasileiro de verão.

Os próximos compromissos públicos do Papa com os jovens peregrinos serão no Campo São João Paulo II, no Parque Metropolitano, cerca de 20 quilômetros de distância do Campo la Antigua. Francisco conduzirá a vigília eucarística no sábado (26) e presidirá a missa de envio no domingo (27).

Acompanhe no Olhar Vaticano a cobertura completa da Jornada Mundial da Juventude. Estamos no InstagramFacebookTwitter e site.

Anúncios

Comentários

4 comentários em “JMJ Panamá 2019: Uma jornada para a juventude das periferias existenciais e geográficas”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s