Papa reza contra o tráfico humano e pede disponibilidade a quem assume cargo na Igreja

Na tradicional oração mariana do Angelus, o Papa Francisco lembrou de Santa Josefina Bakhita, das ações contra o tráfico de pessoas e pediu disponibilidade aos fiéis, em especial àqueles que têm responsabilidade na Igreja. Uma praça São Pedro lotada de fiéis acompanhou as palavras do líder do católicos neste domingo (10).

O Santo Padre recordou a memória litúrgica de Santa Josefina Bakhita (1869-1947), celebrada na sexta (08). Na ocasião, relembrou o 5º Dia Mundial Contra o Tráfico de Pessoas. O Papa agradeceu às entidades de combate a esse crime (no Brasil considerado hediondo), em especial às religiosas. Fez um “apelo especial aos governos para que sejam enfrentadas com decisão as causas desse flagelo” e aos fiéis disse que “devemos ajudar denunciando”.

Junto com os fiéis na praça, Francisco rezou a oração de Santa Josefina. Bakhita é de origem sudanesa, mas serviu como escrava na Itália. Durante uma viagem da família que a comprou, ela se hospedou em um convento da ordem Canossiana e se converteu ao cristianismo. Quando a família retornou, Josefina pediu para permanecer no convento e tornou-se religiosa com um testemunho de uma vida de santidade. Em 1º de outubro de 2000, foi canonizada pelo Papa São João Paulo II.

O Santo Padre também refletiu com os fiéis no Vaticano sobre a narração do Evangelho de Lucas do chamado de São Pedro, o primeiro Papa. Ao falar da pesca milagrosa, o Pontífice recordou a boa vontade em jogar as redes após um noite sem pescar nada. “É a atitude da disponibilidade que Jesus pede a seus discípulos, sobretudo aqueles que tem cargo de responsabilidade na Igreja”.

“Ele faz coisas grandes”, disse o Francisco sobre Jesus na vida das pessoas que o aceitam. Por fim, o Papa disse que “o maior milagre não é tanto a rede cheia, é tê-los ajudado [os discípulos] a não cair vítimas da desilusão e do desânimo diante das derrotas”.


| INSTAGRAM| FACEBOOK| TWITTER |

Autor: Thiago Caminada

Jornalista, Mestre em Jornalismo (UFSC). Coordenador do "Olhar Vaticano". Assessor de comunicação, servidor público de carreira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s