Igreja deve ouvir, tutelar, proteger e tratar os menores abusados, afirma Francisco no encerramento do encontro

Este domingo (24) marcou o fim do encontro A Proteção dos Menores na Igreja, no Vaticano. O Papa Francisco presidiu uma missa com os participantes do encontro na Sala Régia e depois se dirigiu aos fiéis peregrinos na praça São Pedro para a oração do Angelus.

Para a multidão, o Santo Padre falou sobre o encontro e o classificou como muito importante ao tratar da “gravíssima chaga de violação dos menores”. Francisco disse aos fiéis que os graves escândalos e a “injustificável desatenção e o acobertamento” dos casos motivou a convocação dos bispos de todo o mundo para debaterem sobre os acontecimentos.

O Papa afirmou que, durante o encontro, as autoridades tomaram consciência das responsabilidades e urgência em fazer justiça. “Queremos que todas as atividades e lugares da igreja sejam plenamente seguros para os menores”, expressou Bergoglio. E disse ainda “que nunca mais aconteça” para “que a Igreja seja absolutamente crível e confiável”.

Durante a missa, o Papa foi mais enfático e crítico, postura que acompanha todo o desenrolar do encontro. Francisco disse que apenas um caso de abuso já seria uma monstruosidade. Na visão do Pontífice “estamos hoje perante uma manifestação do mal, descarada, agressiva e destruidora”.

O Papa afirmou que “na ira justificada das pessoas, a Igreja vê o reflexo da ira de Deus, traído e esbofeteado por estes consagrados desonestos. O eco do grito silencioso dos menores, que, em vez de encontrar neles paternidade e guias espirituais, acharam algozes, fará abalar os corações anestesiados pela hipocrisia e o poder”.

Francisco deixou claro, o objetivo dos pastores e da Igreja é “ouvir, tutelar, proteger e tratar os menores abusados, explorados e esquecidos, onde quer que estejam”.

Ainda esta semana, o Olhar Vaticano aprofundará a repercussão do encontro A proteção dos Menores na Igreja.

Acompanhe nossa cobertura no InstagramFacebookTwitter site.

Autor: Thiago Caminada

Jornalista, Mestre em Jornalismo (UFSC). Coordenador do "Olhar Vaticano". Assessor de comunicação, servidor público de carreira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s