Pode me chamar de Francisco: Arturo Cardelús e a trilha sonora da série

A trilha sonora da série original Netflix Pode me chamar de Francisco é um dos elementos fílmicos de maior qualidade. É quase impossível não se envolver com a abertura da série nas primeiras notas do violino em solo enquanto passam por nossos olhos as imagens reais do papa intercaladas com cenas da trama. Assim como o tema da abertura, Call me Francis, toda a trilha sonora foi composta por Arturo Cardelús e executada pela Budapest Art Orchestra.

Leia a Resenha: Pode me chamar de Francisco, série original Netflix

Cardelús nasceu em Madri, em 1981, é pianista e compositor. Estudou música no Conservatório Superior de Música (Salamanca), na Royal Academy of Music (Londres), Franz Liszt Academy of Musici (Budapeste) e Berklee College of Music (Bostom). Além de Pode me Chamar de Francisco tem em seu currículo as trilhas de filmes como The Answers (2015) e In a Heartbet (2017).

Música de abertura | Chiamatemi Francesco – Call Me Francis, Arturo Cardelús

Além da música de abertura, outras oito composições todas instrumentais formam a trilha sonora da série. São Inspection; Peace (Driving); Bergoglio; A New Pope; Esther; Are You, Bergoglio?; Pray For Me; e Videla.

A trilha está disponível em álbum do Spotify e em uma playlist do YouTube. Na plataforma de vídeo é possível assistir a Budapest Art Orchestra executando as músicas Call me Francis e Inspection.


| INSTAGRAM| FACEBOOK| TWITTER |


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s