A imagem mostra o Papa Francisco na sacada do quarto papa sorrindo ao se despedir da multidão.

Papa Francisco reflete sobre a compaixão e lembra crise na Venezuela

Mesmo durante as férias de verão na Europa, o Papa Francisco rezou o Angelus deste domingo (14) na Praça São Pedro, em Roma. O Pontífice refletiu sobre a parábola do Bom Samaritano e lembrou da situação na Venezuela.

O Santo Padre classificou a parábola do Evangelho de Lucas como “paradigmática na vida cristã, um modelo a seguir”. Ao ter como protagonista um estrangeiro que se compadece de um homem assaltado na estrada, a história “quer superar o preconceito”, disse Francisco.

Para o Papa, é preciso que os cristão sintam compaixão. “Ser capaz de sentir compaixão, esta é a nossa chave”, disse o argentino. “Se seu coração não se comove tem algo que não funciona”, completou.

Ao destacar sobre a condição de não ter religião do samaritano, o Pontífice Romano disse: “nós conhecemos tantas pessoas que fazem o bem”. E ainda, “Jesus escolhe como modelo alguém que não tem fé”. Para Francisco o homem da parábola apresenta “verdadeira religiosidade e humanidade”, independente de sua crença.

Após rezar o Angelus, o Papa Francisco lembrou dos conflitos na Venezuela. “Minha proximidade ao amado povo venezuelano, particularmente provado com o perdurar da crise”. E pediu “que o Senhor inspire e ilumine” autoridades para chegarem a uma “acordo para por fim ao sofrimento das pessoas e em toda região”.


| INSTAGRAM| FACEBOOK| TWITTER |

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s