A foto mostra a basílica São Pedro vazia durante a missa do Papa Francisco.

Domingo de Ramos: Francisco preside missa sem procissão solene na Basílica vazia

Sem solene procissão, em uma Basílica São Pedro vazia, o Papa Francisco presidiu a missa de Ramos e da Paixão, neste domingo (05). Um cenário de contraste e choque para os fiéis de todo o mundo acostumados a acompanharem a celebração na Praça São Pedro lotada. A pandemia de coronavírus COVID-19 assola com gravidade a Itália e coloca aos fiéis de todo mundo restrições de contato social e participação nas liturgias pascais.

O Santa Padre em sua homilia apresentou Jesus como um servo em todos os acontecimentos de sua vida e em espacial na Semana Santa. “Geralmente pensamos que nós servimos a Deus, mas foi Ele que nos serviu, porque nos amou primeiro”, disse Francisco.

“O drama que estamos atravessando nos impele a levar a sério o que é sério”, disse Francisco sobre a dificuldades enfrentadas com a pandemia de coronavírus. “Hoje no drama da pandemia, […] Jesus diz a cada um: ‘coragem abre o coração ao meu amor'”, completou.

Ao refletir sobre a Paixão de Cristo, o Papa falou da profunda experiência de Jesus na traição e na solidão. Disse aos fiéis: “Jesus experimentou o abandono total” e por isso “não estamos sozinhos!”

Ao concluir sua reflexão, o Papa pediu a todos que não focassem naquilo que falta, mas no que se pode oferecer aos mais necessitados. “A maior alegria é dizer sim ao amor sem ‘se’ nem ‘mas'”, concluiu.

Jornada Mundial da Juventude
No fim da missa, saudou a todos os fiéis que acompanharam pelos meios de comunicação e em especial os jovens pelo Dia Mundial da Juventude. A passagem da Cruz da Jornada Mundial da Juventude dos panamenhos ao portugueses, marcada para este domingo (05), foi transferida para o dia de Cristo Rei em novembro de 2020.

Semana Santa no Vaticano
A Semana Santa do Papa Francisco seguirá com missas e celebrações sem povo no Vaticano. Na Quinta-Feira Santa (09), a Missa dos Santos Óleos foi suprimida e o Santo Padre celebrará apenas a Missa da Ceia do Senhor. Na Sexta-Feira Santa (10), é a vez da Celebração da Paixão e, no sábado (11), a Vigília Pascal. Domingo (12), Francisco preside a Missa de Páscoa e concede a benção Urbi et Orbi.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s