Quinta-Feira Santa: Francisco celebra Ceia do Senhor sem povo e sem lava-pés

Desde que o Papa Francisco assumiu a diocese de Roma esta é a primeira vez que ele preside a missa da Ceia do Senhor na Basílica São Pedro, na quinta-feira Santa. Assim como na época de arcebispo de Buenos Aires, Bergoglio celebrava com doentes, idosos, presidiários e refugiados de sua diocese. As imagens de uma basílica vazia; de um Papa tão próximo do povo e de suas fragilidades isolado; as portas do templo fechadas ao enclausurar um homem da Igreja que a quer em saída, fazem desta quinta, 9 de abril, um dia histórico em uma instituição milenar.

A foto mostra o papa Francisco ainda como padre na década de 1980 sorrido de frente para o escritor Jorge Luis Borges, à direita.

Pode me Chamar de Francisco: Jorge Luis Borges e o Papa Francisco

Com o sonho de ser enviado como missionário para o Japão, o jovem jesuíta Jorge Bergoglio é enviado para ser professor em Santa Fé, na Argentina. A primeira missão do Papa Francisco como religioso foi ensinar literatura no Colégio Imaculada Conceição. Entre as iniciativas do professor retratadas em Pode me Chamar de Francisco, se destaca o inusitado convite a Jorge Luis Borges para participar das classes e o aceite do escritor cego para se deslocar da capital argentina até Santa Fé.

Rede Mundial de Oração do Papa: Uma corrente de amor pelos quatro cantos do mundo

Você já ouviu falar da Rede Mundial de Oração? Todo mês o Santo Padre reza por uma intenção em particular e estende o convite aos fiéis. O Pontífice coloca o mundo em movimento, e assim cria uma Jornada Mundial de Oração. As intenções mensais estão diponibilizadas no site Pope’s Worldwide Prayer Network com tradução para o português, ingles, espanhol e francês.

O papa Francisco acaricia a cabeça de um neném segurada por um segurança. A criança veste uma roupa de lã cinza com capuz.

Papa Francisco reza por crianças famintas em zonas de guerra

O Papa Francisco, concedeu audiência geral, nesta quarta-feira (27), na Praça São Pedro. O Santo Padre continua sua Catequese com as reflexões sobre o Pai-Nosso. Na manhã de hoje, o Pontífice iniciou a segunda parte da oração ensinada por Cristo sobre as súplicas a Deus, ao falar sobre o trecho “o pão nosso de cada dia nos dai hoje”. Em suas palavras, Francisco criticou o egoismo e rezou pelas crianças em zonas de guerra.

A foto mostra o Papa Francisco na janela do quarto pontifício lendo o pronunciamento em um púlpito de acrílico.

Papa critica egoísmo e esterilidade espiritual e reza por Nicarágua, Nigéria e Mali

Ao seguir o itinerário dos Evangelhos da Quaresma, o Papa Francisco refletiu sobre a parábola da figueira com os fiéis na Praça São Pedro, neste domingo (24). Também neste Angelus, Francisco lembrou dos missionários mártires, da situação política da Nicarágua e rezou pelas vítimas de atentados na Nigéria e Mali.