Francisco no Japão: Papa visita Hiroshima e Nagasaki, cidades vítimas da bomba atômica

O Papa Francisco deixou a Tailândia e neste domingo (24) visitou as duas cidades japonesas vitimadas com a bomba atômica durante a Segunda Guerra Mundial. Em Nagasaki, o Santo Padre lembrou os ataques e os mártires no Parque da Bomba Atômica Hypocenter e no Monumento dos Mártires – Nishizaka Hill. Já no Estádio de Baseball, presidiu uma missa. Antes do fim do dia, o Pontífice esteve em Hiroshima e promoveu um encontro pela paz no Memorial da Paz.

A foto mostra o papa Francisco no corredor da igreja em meio a uma chuva de pétalas de rosas.

Francisco na Bulgária: Pontífice da paz e do amor

O Papa Francisco teve uma segunda-feira (06) ocupada por compromissos na cidades de Sófia e Rakovski, na Bulgária. Seu primeiro compromisso foi a visita a um campo de refugiados na capital búlgara. Em seguida, embarcou para Rakovski para participar da missa de Primeira Eucaristia em uma comunidade, almoçar com as irmãs franciscanas e encontrar-se com a comunidade católica da região. Na volta pra Sófia, presidiu um encontro ecumênico pela paz. Muito além do lema hippie dos anos 1960, Francisco é um pontífice, construtor de pontes, em favor da paz entre os povos e do amor de Deus.

A foto mostra o papa Francisco de costas acenando para a multidão na praça.

Mensagem de Páscoa do Papa Francisco: O Senhor da vida não nos encontre frios e indiferentes

Neste Domingo de Páscoa (21), o Papa Francisco presidiu a solene missa da Ressurreição e, em seguida, o Pontífice concedeu aos fiéis na Praça São Pedro e a todo o mundo a tradicional bênção Urbi et Orbi. Comovido e preocupado com a violência e os conflitos ao redor do mundo o Santo Padre falou da sacada da basílica papal: “Perante os inúmeros sofrimentos do nosso tempo, o Senhor da vida não nos encontre frios e indiferentes. Faça de nós construtores de pontes, não de muros”.