A foto mostra o papa Francisco acenando e vestido com adereços indígenas. Ao fundo, encontram-se alguns representantes de populações indígenas.

A música de Vinícius de Moraes citada por Francisco: Samba da Benção

“A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro na vida”. Este é o trecho do Samba da Benção de Vinícius de Moares citado pelo Papa Francisco em sua mais nova encíclica Fratelli Tutti, Todos Irmãos. O verso inicia o parágrafo 215 do documento e está no sexto capítulo “Diálogo e Amizade Social”. Um dos trechos mais interessantes da nova encíclica quando o Pontífice fala de “uma nova cultura”, sua tão defendida “cultura do encontro”.

Os gestos proféticos de Francisco em meio à pandemia de coronavírus

Jorge Mario Bergoglio, o Papa Francisco, transcende o encargo de ser o Sumo Pontífice na Terra. A sua existência e atitude diante da pandemia de coronavírus COVID-19 colocam-no como um verdadeiro sinal divino na história da salvação humana. Seus gestos solitários, sua voz a clamar e denunciar, sua piedade em favor dos que sofrem são gestos de um profetismo encarnado nos dias atuais.

A foto mostra os cardeais de batina vermelha na basílica na celebração da Paixão. Ao fundo está o frei capuchinho proferindo a homilia. Ao lado está o papa Francisco.

Semana Santa: A Páscoa é a festa de todos os pobres e excluídos

Às três da tarde de Roma, o Papa Francisco presidiu a Celebração da Paixão do Senhor, na Basílica São Pedro, nesta Sexta-Feira Santa (19). A celebração foi marcada pelo característico silêncio. Depois da tradicional narrativa da Paixão, a pregação sobre os sofrimentos de Cristo na cruz foi conduzida pelo Padre Raniero Cantalamessa, Frei Capuchinho pregador pontifício desde 1980.